05/02/2015

sobre decisões

Em meio às mudanças os olhos esbugalham, onde fica a segurança, essa danada, que a menina do olhar não encontra? procura, procura até que cansa e fecha no sono. Sei bem que os dias vão acertando esse aperto, sei e creio que serão novos tempos. Muito bons eu lhes digo, como a dança das cadeiras quando se vence. Vai-se afrouxando o nó que de marinheiro não tem nada, porque por essas águas estarão sempre os eternos amigos. Mas hoje (...), hoje é uma véspera.

Nenhum comentário:

eu sou

Minha foto
Gosto de boniteza, de arrumação, da moda dos anos 30. De margaridas e pérolas verdadeiras. Gosto da noite, de gente dando risada, do sabor colorido de um prato de feijoada. Gosto de sair e de mudar, gosto de família, de amigos e com eles estar. Gosto de dança e de criança, e gosto muito, muito do mar.