29/05/2012

dos mestres

A maior riqueza do homem é a sua incompletude.

A maior riqueza do homem é a sua incompletude.
Nesse ponto sou abastado.
Palavras que me aceitam como sou – eu não aceito.
Não agüento ser apenas um sujeito que abre portas, que puxa válvulas, que olha o relógio, que compra pão às 6 horas da tarde, que vai lá fora, que aponta lápis, que vê a uva etc. etc.
Perdoai.
Mas eu preciso ser Outros.
Eu penso renovar o homem usando borboletas.
 (Manuel de Barros)

10/05/2012

redenção - uma história real.

Eu quero mesmo escrever para você. Para você que imagina ser melhor que os meus. Que não mede as consequências dos seus atos, que descuida da sua vida quando descuida da vida alheia. Que pensa só no futuro esquecendo o presente e desrespeitando o passado. Que inverte valores com coisas, que esquece de lembrar do outro.
Falo com você que destrói uma vida, um sonho, uma expectativa em um recado mal escrito, que não tem tato nem tino, tão pouco teor ou talento para ter honra. É, você, ruim por natureza, que veio parar aqui apenas com passagem de ida e não vai conseguir deixar legado algum. Tá cheio de você por aí, mas especialmente as sombras que rastejam em baixo de disfarces comuns, como o seu, são as piores. Eu quero te dizer aqui, o que um dia, com toda a certeza, você vai ouvir em bom tom, sem necessariamente ser alto, apenas o suficiente para que seus ouvidos registrem o seu final. Porque meu amigo, a vida é muito justa. Sempre será. Hoje, sua displiscência com o próximo faz sofrer o meu amor. Meu amor que tem um coração teimoso, despreparado e até doente, mas um coração bondoso, honesto, íntegro. Que cresceu amedrontado, consequência de uma disciplina mal ensinada e de um tipo de coação da pior espécie, a que não nos permitimos aceitar. Que volta toda hora das lembranças do fundo da mente e impedem a coragem de livrá-lo dos males, do orgulho e de se fazer reconhecer. O meu amor, que já traz esta sina, está triste, magoado, abatido, impotente e eu estou furiosa por isso. Muito. Acontece Sr. você, que eu tenho a cura, eu sou o antídoto do meu amor e vou sarar suas dores apenas com o que aprendi, respeitando primeiro a dádiva da vida, entendendo que ela passa e ensina a gente que pelo respeito não é preciso semear amarguras, que as dores, sim, nos pertencem, mas as amarguras que chegam até nós se desfazem voltando às origens de quem as provocou, com o tempo. Porque o tempo coloca tudo no lugar certo. Os bons com os bons e os maus com os maus. E você, ah você precisa saber que eu não me importo com quando, porque eu confio no tempo. É bom que você saiba também, que encontrei as armas para lutar diariamente e não perder essa confiança. Que nessa dura batalha eu sempre ganho. Ganho porque vou de mão dada com Deus, que sopra nos meus ouvidos por todo o tempo - não, não é aguarde, espere e verá, não é...  Ele sopra por todo o tempo assim, Estou do teu lado, Estamos Juntos, Confie. E eu confio. E você, infeliz de você, você não sabe o que é isso. Se soubesse tinha tido mais cuidado, ao menos mais atenção. Definitivamente você não sabe o que é isso. E por essa ignorância nunca será perdoado, nunca. Não por mim, quem sou eu? nem por Deus, imagina, que perdoa tudo e todos todo o sempre... mas por você mesmo. Você nunca vai se perdoar e seu fim vai ser muito triste. Pobre alma, muito mais triste, tanto e tão triste, infinitamente mais triste do que a grande tristeza que você nos faz passar hoje.  Eu rezo agora pela sua redenção e pela nossa paz. A minha, mas do meu amor primeiro.

07/05/2012

Liturgia de Domingo 06/05

Leitura da Primeira Carta de São João:

18Filhinhos, não amemos só com palavras e de boca, mas com ações e de verdade! 19Aí está o critério para saber que somos da verdade e para sossegar diante dele o nosso coração, 20pois, se o nosso coração nos acusa, Deus é maior que o nosso coração e conhece todas as coisas. 
21Caríssimos, se o nosso coração não nos acusa, temos confiança diante de Deus. 22E qualquer coisa que pedimos recebemos dele, porque guardamos os seus mandamentos e fazemos o que é do seu agrado. 
23Este é o seu mandamento: que creiamos no nome do seu Filho, Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, de acordo com o mandamento que ele nos deu. 
24Quem guarda os seus mandamentos permanece com Deus e Deus permanece com ele. Que ele permanece conosco, sabemo-lo pelo Espírito que ele nos deu.


- Palavra do Senhor. 
- Graças a Deus.

04/05/2012

dos mestres

"O mundo é mágico. As pessoas não morrem, ficam encantadas"
                                                                         (Guimarães Rosa)

eu sou

Minha foto
Gosto de boniteza, de arrumação, da moda dos anos 30. De margaridas e pérolas verdadeiras. Gosto da noite, de gente dando risada, do sabor colorido de um prato de feijoada. Gosto de sair e de mudar, gosto de família, de amigos e com eles estar. Gosto de dança e de criança, e gosto muito, muito do mar.